Fluxo de caixa: como fazer na minha loja?

Todo inicio de ano sempre surgem as famosas promessas para nos ajudar a planejar os sonhos e projetos para o novo que começa. Uma velha conhecida dos lojistas e que às vezes fica só na promessa é a gestão financeira. Para te ajudar, nosso primeiro treinamento para lojista do ano será sobre este tema. Agora vai!

Para aquecer e preparar nossas dúvidas para a live sobre gestão financeira que acontecerá nessa quinta, preparamos um conteúdo incrível sobre fluxo de caixa. Já faz na sua empresa? Quer aprender? Fique à vontade e consuma sem moderação!


Antes, vamos começar com uma pergunta cabeluda: Pagar à vista é a melhor opção? A resposta é: Nem sempre. Vamos fazer uma conta rápida:


Um pedido de 30 camisetas sai por R$1.108,50. Pagando à vista você ganha 5% de desconto extra. Então o valor cai para  R$1.053,07. Nesta opção a camiseta (já considerando o desconto extra) custa R$35,10 e você vai pagar este valor antes de receber os produtos.  

O mesmo pedido de 30 camisetas parcelado em 4X no cartão ou boleto também sai por  R$1.108,50. Aparentemente a diferença (R$55,43) do desconto extra pode parecer desfavorável pois nesta opção a camiseta está custando R$36,95. Porém o fator mais importante é que as camisetas vão chegar na sua loja antes de você pagar os R$277,12 da primeira parcela.  


Em média uma loja recupera 100% do valor investido já na primeira semana. Ou seja, se das 30 camisetas adquiridas você vender 20 unidades (a R$74,90)  no primeiro mês, terá um retorno de R$1.498 com um investimento de apenas R$277.

O parcelamento te dá a possibilidade de girar o capital e perceber retorno financeiro antes mesmo de pagar a primeira parcela. Legal demais, né?


Mas como faço pra controlar isso?

É muito mais simples do que você imagina e, pode acreditar, vai te dar muito mais clareza sobre qual produto da sua loja te traz mais lucro.


Primeiro é fundamental que você tenha uma planilha de controle de entrada e saída pra cada tipo de produto. E estou falando não só do estoque físico. Aplique este controle também na entrada e saída de dinheiro.


São 3 passos principais:



1) Categorize: vamos supor que a sua loja trabalha com apenas 3 tipos de produtos: camisetas / calças / casacos.


2) Registre: dê entrada dos produtos em estoque e controle as finanças de cada categoria separadamente


3) Compare: É necessário que você entenda que cada um destes produtos terá um ciclo de vendas diferente.


Então imagine que neste mês você fez 3 pedidos:


R$1.000 em camisetas

+

R$1.000 em calças

+

R$1.000 em casacos


E todos os fornecedores te deram a mesma condição de pgto em 30/60/90 dias.


Se no primeiro mês você vender 80% das camisetas, apenas metade das calças e nenhum casaco, ainda assim você terá que pagar os boletos dos 3 fornecedores, correto?

Isso não significa que o casaco seja um mal negócio, mas te mostra que ele possui um ciclo de vendas mais lento que a camiseta. Mas também não significa que você vá poder usar o dinheiro das camisetas e calças pra pagar o boleto dos casacos. Sacou?


Por isso, se você direcionar os investimentos para cada tipo de produto, você saberá:
- qual te traz giro mais rápido;

- qual te dá margem de lucro maior;

- qual merece ser revisto.

Controle o estoque da loja


Então quando seu estoque de camisetas estiver baixo você já vai ter vendido o suficiente pra pagar os boletos, ter lucro sob o pedido anterior e poder reabastecer sua loja com segurança.

Curtiu nosso conteúdo? Então é só ficar ligado aqui no nosso blog e aproveitar! E nessa semana teremos um treinamento especial para nossos lojistas sobre gestão financeira! Imperdível!

Até a próxima!